30
Novembro
 
EM VERA, CÂMARA DE VEREADORES SE TRANSFORMA EM CIRCO

Na última segunda-feira (28), teve espetáculo na Câmara Municipal de Vereadores de Vera. Seria cômico se não fosse trágico, mas a sessão foi um verdadeiro número de circo e quando perguntamos a alguns presentes e outros que assistiram de camarote o show dos marionetes, as respostas foi: “Adivinhe quem eram os palhaços? Os vereadores?, não, errou feio! NÓSSSS JM, o povo, nós fomos feitos de palhaços mais uma vez”

O Cartaz de entrada anunciava o número da noite: “Hoje, grandiosa votação para revogar a verba Indenizatória”. 


Vamos aqui brincar de fazer conta?

Estes vereadores recebiam a verba Indenizatória desde de 2015, Vera tem 9 Vereadores e a verba Indenizatória era no valor de R$ 2.000,00. Então.... 9 X R$ 2.000,00  =  R$ 18.000,00. Muito bem! R$ 18.000,00 reais (sem prestação de conta) saiam da Câmara Municipal por mês para os nobres parlamentares. Vocês não acham que daria para fazer muita coisa com esse dinheiro?


Eles estavam buscando recursos para o município ou tirando os recursos deles?

Também achei muito estranho o fato de o próprio autor do projeto pedir a retirada da verba. Deveríamos aplaudir a retirada daquilo que eles mesmos colocaram e agora “pagam de santinho” retirando e dizendo que é para o “bem do povo”? Palhaçada não?

E quem votou contra estava tristinho porque a vaca secou as tetas, bom, também pudera, muitos vão ter que desocupar as cadeiras tão logo.

Vilmar Scherer, por exemplo, usou muito bem a verba visitando outros municípios, como Lucas do Rio Verde onde Piveta perdeu e como sempre, desmerecendo o povo de Vera ao dizer na Tribuna, por várias vezes, que a maioria das cidades do estado de Mato Grosso têm belas praças, lindas avenidas e são mais bonitas do que as da cidade ONDE ELE MORA. Não acha o nobre vereador que o dinheiro que gastou “visitando” essas cidades ajudaria a embelezar a SUA PRÓPRIA CIDADE?


O fato é que, enquanto o circo estava pegando fogo e no picadeiro, os artistas insistiam em continuar com o cargo mendigando votos pedindo ao povo, por favor, votam em mim, me deixa no cargo ganhando meu gordo salario sem fazer nada por mais 4 anos? Com palavra ao Xavier que sempre arrotou ser o rei dos votos. Perdeu o cargo e os seus números e eu resolvi esperar a fumaça passar. Mas agora, não posso mais me calar. 


E eu diria que até mesmo o circo atrai mais gente do que as sessões nada sedutoras da Câmara. Mesmo assim, creio que o povo tem dado boas risadas nas segundas-feiras, principalmente depois do dia 02 de outubro. 


Vergonhoso é ver o nobre Presidente fechar a sessão tão rápido quanto abre. É sempre o mesmo vereador que se inscreve a tribuna, outros ficam alheios olhando mensagens de aplicativos, e o restante se distrai em conversinhas paralelas. Isso significa fechar o ano com chave de ouro? 


Nobres vereadores, o povo quer alguém que os defenda, que lute por eles, que lhes dê voz e não que apresentem um espetáculo de quinta categoria. E ainda me pedem para segurar o riso?


Até um circo é mais organizado que a Câmara. Pois, eu diria que no espetáculo circense de segunda-feira, tivemos a apresentação de 5 palhaços tentando nos fazer rir ao dizer que de fato a verba indenizatória não foi benéfica para o município e 3 artistas teatrais que representaram de forma brilhante a encenação de Pilatos “Lavando as suas Mãos”. 


E o apresentador principal ainda retornou ao picadeiro para pedir desculpas à plateia pelas falhas na "apresentação". Segundo ele, teria sido pressionado pelos companheiros e por isso levou para frente essa palhaçada. 


Há quem diga que o espetáculo – de péssima qualidade – poderá entrar novamente no cartaz no ano que vem caso algum vereador achar pertinente e aprovar novamente não 2000,00 e sim 3 ou 4000, 00.


Vamos ver se esse dinheiro será para coisas que a cidade precisa ou para coisas que os vereadores precisam em 2017. 


Abre o olho minha gente! Sendo legal ou não, a verba Indenizatória só beneficia quem está no picadeiro. A plateia ainda é obrigada a comprar a pipoca se quiser entrar para assistir o “espetáculo” de que nunca teve nem ai e não vai ser agora que vão saber dar:


HONRA A QUEM TEM HONRA


Por: João B. da Silva (JOÃO MAGUILA)


0
Comentários    |    Comente esta matéria
Pesquisar:
 
Postagens:
Quem sou eu

Sou uma pessoa extremamente revoltada com a desigualdade social, e com as pilantragens de alguns políticos, acho lamentável que os nossos representantes não tenham coragem de enfrentar os problemas do nosso país, em especial no meu estado de Mato Grosso.