20
Dezembro
 
ADRIANA VANDONI, CHEFE DO GABINETE DE COMBATA A CORRUPÇÃO DO GOVERNO TAQUES CAIU POR OMISSÃO OU INCOMPETÊNCIA?

Com certeza você ouviu este questionamento esta semana; "Foi incompetente ou omissa?", o que não imaginava é que isto se aplicaria na política estadual não é mesmo? Pois é, o mundo da voltas e derrubou a economista Adriana Vandoni (PSDB) do gabinete de Combate a Corrupção do governo de Pedro Taques (PSDB). Oficialmente foi ela quem pediu para sair, mas ai eu te pergunto, e teria como continuar?

Na minha opinião não, e vou explicar porque. Vandoni ficou "famosa" nas redes sociais por críticas ao ex-deputado estadual José Riva, ao governo federal do PT, tanto de Luiz Inácio Lula da Silva como de Dilma Roussef, tanto que passou a ser processada pelo próprio Riva e o diretório nacional do partido dos trabalhadores ao dizer que o partido só tem corruptos. Da internet foi para a TV, sendo apresentada como "comentarista" de política, mas formação pra isso, será que tem? Creio que não.


Foi candidata à deputada estadual, derrotada nas urnas, mas sendo uma das pessoas mais próximas do governador eleito Pedro Taques, a mesma foi chamada para comandar o gabinete de combate a corrupção, com status de secretária e orçamento milionário, mas o que fez até então? Quase nada. Já no governo, Vandoni dedicou seu em usar as redes sociais para criticar Janaina Riva e outra parte do tempo para criar um programa para vigiar os servidores para constatar se são suscetíveis a corrupção, mas esqueceu de aplicar o teste com o alto escalão do governo.


Fechou os olhos para a corrupção de secretário estadual de educação que foi denunciado não por ela e foi pego num esquema de corrupção, desviando dinheiro de obras de escolas. Pirminio era da confiança do governador, pessoa próxima de Vandoni, e no episódio da denuncia, para mostrar serviço, Vandoni disse na imprensa que a denuncia que originou a operação para desmantelar a quadrilha teria partido dela, e foi desmentida pelo próprio MP.


Ela desmoralizada e Pirminio na cadeia. Isso já era o bastante para mostrar que o orçamento do gabinete era desperdício de dinheiro público, mas as investigações seguiram e os delatores abriam o bico, o que aconteceu? As denúncias foram se agravando e chegaram até o governador Pedro Taques, suspeito de ter usado caixa dois na campanha para o governo do estado, no qual Vandoni estava no mesmo palanque. Tudo desvendado pelo Gaeco e nada pelo Gabinete de Vandoni, que resistiu até o dia do depoimento de Alan Maluf, uma das pessoas mais influentes da capital do estado e o homem que cuidou das finanças da campanha de Taques. Preso, desde a última quarta-feira ele esteve no Gaeco para prestar depoimento e horas depois Vandoni abandonou o barco, estranho não é mesmo?


Falar dos outros ela ainda gosta, esses dias criticou novamente o ex-presidente Lula ao postar uma foto com o Juiz Sérgio Moro, dizendo que uns prestam depoimento, outros conversam com o juiz. Será mesmo Vandoni, a senhora já pagou a deputada Janaína Riva, quando foi condenada a indeniza-la a senhora conversou com o juiz ou prestou depoimento? E o Gaeco diz ainda que a senhora é mentirosa, porque para eles disse que não avisou o então secretário de educação, hoje reeducando, Pirminio, sobre a denuncia de corrupção na secretaria para não atrapalhar as investigações, mas na imprensa deu outra versão, pra quem mentiu?


Mas o que me pergunto agora é se diante toda a lama de corrupção deste governo a senhora foi incompetente ou omissa? E ai não vem me dizer que a diferença esta na reação diante do caso, porque a senhora, o seu governador e o seu partido fizeram questão de defender Pirminio quando a primeira operação foi deflagrada, falaram até que ele não era investigado, mas está preso até hoje.


Neste caso amigo leitor, qual sua opinião sobre a ex-secretária Adriana Vanadoni, ela foi omissa, conivente ou falta de incompetência? Em minha opinião fico com os três por não saber dar:


HONRA A QUEM TEM HONRA


Por: João B. da Silva (JOÃO MAGUILA)

0
Comentários    |    Comente esta matéria
Pesquisar:
 
Postagens:
Quem sou eu

Sou uma pessoa extremamente revoltada com a desigualdade social, e com as pilantragens de alguns políticos, acho lamentável que os nossos representantes não tenham coragem de enfrentar os problemas do nosso país, em especial no meu estado de Mato Grosso.