Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 28 de Maio de 2017
Pesquisar no site
ECONOMIA
     
11 de Janeiro, 2017 - 13:59
Produção média de petróleo no Brasil fecha 2016 com recorde

A Petrobras anunciou os dados de produção de 2016 e também do mês de dezembro, o qual gerou novos recordes. No acumulado do ano, porém, a companhia fechou no mesmo patamar que em 2015 nos volumes de óleo e gás no Brasil e no exterior. Ainda assim, a estatal destaca que em 2016 atingiu sua meta de produção pelo segundo ano consecutivo.

A produção média de petróleo no Brasil alcançou em 2016 recorde histórico anual, com 2.144.256 barris por dia (bpd), 0,75% maior que em 2015 e, como reforça o comunicado, ‘em linha com a meta de 2,145 milhões bpd prevista para o período‘. ‘Pelo segundo ano consecutivo, a Petrobras cumpre o planejamento previsto, reforçando o compromisso com a previsibilidade de suas projeções.‘

No pré-sal, a média anual também foi recorde, de 1,02 milhão de barris de óleo por dia, 33% acima de 2015. Em gás natural, a produção própria ficou em ‘inéditos‘ 77 milhões m3 diários.

Assim, a produção total no Brasil fechou o ano em 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), 1% acima de 2015, e novo recorde histórico.

A companhia cita como principais razões para esse aumento no ano o crescimento da produção nos campos de Lula e de Sapinhoá, no pré-sal da Bacia de Santos, e a área do Parque das Baleias, na Bacia de Campos, bem como o início da operação de três sistemas no pré-sal na Bacia de Santos (dois em Lula e um em Lapa).

A Petrobras informa ainda que o índice de aproveitamento de gás no Brasil também foi recorde anual, de 96%, devido a programas de melhoria da eficiência operacional e otimização do aproveitamento do insumo.

Por sua vez, a produção média de petróleo no exterior em 2016 caiu 19%, para 80 mil bpd, na comparação com o ano anterior. A de gás natural recuou 11%, para 13,7 milhões m3/dia. A Petrobras atribui a redução principalmente aos desinvestimentos realizados, como a venda da Petrobras Argentina.

A produção média de óleo no Brasil e no exterior no ano passado foi de 2,22 milhões de bpd, enquanto a produção média anual de óleo e gás fechou em 2,79 milhões boed, mesmo patamar da produção de 2015.

Dezembro

Outros recordes foram contabilizados no mês de dezembro. A produção média de petróleo no Brasil superou pela primeira vez 2,3 milhões bpd, 3% a mais que em setembro de 2016, o recorde anterior. A empresa diz, inclusive, que no dia 28 de dezembro a produção bateu 2,4 milhões de barris.

Quanto a gás natural, o crescimento da produção foi de 2% sobre novembro, para 81,8 milhões m3/dia.

A produção de óleo e gás no Brasil representou novo recorde mensal, com 2,82 milhões de boed, alta de 3% sobre o mês de novembro e de 6% ante dezembro de 2015.

Na camada pré-sal, dezembro teve novo recorde mensal, de 1,27 milhão bpd de petróleo, 9% maior que em novembro. No dia 29 de dezembro foi registrado recorde diário, de 1,34 milhão de barris. Somada à de gás, a produção no pré-sal ficou em 1,58 milhão de boed, 45% maior que em dezembro de 2015 e também novo recorde mensal.

No exterior, óleo respondeu por 61 mil bpd e gás teve a produção média de 10,3 milhões m3/dia. Dessa forma, no mês foram produzidos no exterior 122 mil boed.

Ao todo, a produção de petróleo e gás no Brasil e no exterior em dezembro foi a 2,94 milhões boed, novo recorde mensal. 


Fonte: Estadão
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
ECONOMIA
29/04/2017
28/04/2017
27/04/2017
24/04/2017
 menos   1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player