Publicidade:
14 de Janeiro, 2021 - 08:24
3 a 0! Santos atropela Boca e fará final da Libertadores com Palmeiras

A final da Libertadores será brasileira! Após a classificação do Palmeiras, nesta terça-feira, em duelo bastante emocionante com o River Plate, o Santos também se garantiu na decisão. Mas de uma maneira bem mais fácil, já que não tomou conhecimentos do Boca Juniors, vencendo por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (13), na Vila Belmiro.

O time brasileiro foi melhor durante todo o jogo e, com gols de Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga, se classificou para a final, marcada para o dia 30 de janeiro, no Maracanã, contra o Palmeiras. Será a terceira vez que a principal competição da América do Sul será decidida por dois times do Brasil.

Porém, bem antes disso, a equipe precisa se concentrar no Brasileirão. No próximo domingo, o rival é o desesperado Botafogo.

Na trave

Logo no primeiro minuto, o Santos já deu mostras de que dominaria totalmente as ações. Com 30 segundos de jogo, Marinho recuperou uma bola e arriscou de fora da área. A bola explodiu na trave. No rebote, Diego Pituca chutou para fora.


Aos 10, Lucas Braga fez boa jogada pela esquerda e só não marcou graças ao corte de Jara.


Pressão é recompensada

O domínio santista foi recompensado aos 15. Soteldo bateu cruzado. A bola desviou na mão de López e, enquanto alguns jogadores ficaram pedindo pênalti, Pituca pegou a bola e mandou para o gol.


Mesmo com a vantagem no placar, o time brasileiro seguiu com o comando do jogo. O único susto no primeiro tempo foi aos 31. O chute de Villa passou perto do gol de João Paulo.


Já no finalzinho, Marinho arriscou de muito longe e deu trabalho para Andrada.


Golaço de Soteldo

Se a grande superioridade do Santos no primeiro tempo resultou em apenas um gol, a equipe foi premiada logo aos 3 da segunda etapa. Soteldo recuperou a bola no meio, avançou pela esquerda e bateu colocado para fazer um belíssimo gol.


3 a 0!

A situação já estava boa para os santistas, mas ficou ainda melhor. Aos 5, Marinho ganhou do marcador e cruzou na medida para Lucas Braga. 3 a 0 e vaga praticamente confirmada!


O Boca, completamente dominado em campo, estava desesperado. Prova disso foi a atitude de Fabra, que pisou na barriga de Marinho e recebeu o cartão vermelho aos 10 minutos.


Talvez por já ter ciência de que a situação era irreversível, o Boca melhorou com um a menos e passou a criar algumas chances. Aos 13, João Paulo fez grande defesa no chute de Sálvio. Tevez pegou o rebote e bateu em cima da marcação.


Aos 26, nova bela intervenção de João Paulo em cruzamento de Villa.


Quase o olímpico

Grande destaque da campanha santista na Libertadores, Marinho por pouco não marcou de vez seu nome na história da competição. Aos 39, ele bateu escanteio fechado e quase fez um gol olímpico. Andrada fez a defesa.


Apito final

Já nos acréscimos, Kaio Jorge teve ótima chance, mas bateu em cima do goleiro. Mas não precisava! O Santos já estava garantido em sua quinta final de Libertadores!

Fonte: R7
12 de Janeiro, 2021 - 09:22
Em Campinas, Cuiabá empata com a Ponte Preta

De olho em uma vaga para a Série A do Campeonato Brasileiro, Cuiabá e Ponte Preta abriram a 34ª rodada com um empate em 2 a 2 no início da noite de segunda-feira (11), no Estádio Moisés Lucarelli em Campinas (SP).

O empate até que foi um resultado positivo para o time mato-grossense, levando em consideração que  neste momento a equipe soma 55 pontos e abre 3 pontos de Juventude e Centro Sportivo Alagoano (CSA), que entram em campo nesta terça-feira (12). Já a Macaca, como é conhecido a Ponte Preta, minimiza as chances de acesso, sendo apenas a 7º colocada com 48 pontos.

Desde o começo, as duas equipes protagonizaram uma partida muito disputada em Campinas. Aos seis, o atacante Felipe Marques arriscou de fora da área, Enquanto Matheus Peixoto, aos nove, respondeu para os donos da casa. Aos 24 minutos da primeira etapa Bruno Rodrigues abriu o placar de cabeça, recebendo um belo cruzamento de Guilherme Pato.

O Cuiabá precisando do resultado foi para cima e aos 35, em bola lançada na área, o zagueiro Anderson Conceição desviou, mas parou em Yago, na volta o centroavante Elton bateu rasteiro e viu Luizão operar um milagre e salvar em cima da linha.

Na volta do segundo tempo, O Dourado voltou mais calibrado. Logo na primeira investida ao ataque, Marcinho recebeu a bola dentro da área e tentou duas vezes, na primeira tentativa a bola explodiu na zaga, na volta, o jogador do Cuiabá mandou para o fundo da rede adversária.

Mesmo após o gol, o Auriverde ficou mais no ataque, mas foi a ponte que conseguiu fazer o segundo gol. Em um belo cruzamento, Tiago Orobó subiu mais que os zagueiros do Cuiabá e estufou a rede do Dourado. Não deu nem tempo para comemorar, isto porque, quatro minutos depois Jenison arriscando de fora da área deixou tudo igual no placar.

O Cuiabá foi superior em finalizações e na posse de bola, mas não conseguiu transformar a intensidade em chances claras de gol, levando para a capital mato-grossense 1 ponto na mala. Vale lembrar que faltam apenas quatro rodadas para o fim da competição e o Dourado almeja o acesso à elite do futebol brasileiro na próxima temporada.

O próximo desafio do Dourado é na proxima quinta-feira (14), às 20h30 na Arena Pantana. No domingo (17), a Ponte enfrenta  o Náutico, às 15h, novamente no Estádio Moisés Lucarelli. 


Fonte: R7
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais