Publicidade:
22 de Agosto, 2019 - 09:00
Com dois de Bruno Henrique, Flamengo vence o Inter no Maracanã

Internacional foi ao Maracanã, na noite desta quarta (21/08/2019), com uma proposta bastante clara: se defender, apostar no contra-ataque e fazer o resultado na partida de volta, no Beira-Rio. E a estratégia deu certo…pelo menos até os 30 minutos do 2º tempo.

Após ter muitas dificuldades de encontrar espaços na defesa colorada, Bruno Henrique finalmente abriu o placar. Minutos depois, o camisa 27 marcou o seu segundo.

O resultado de 2 x 0 dá uma confortável vantagem para o Flamengo confirmar a vaga para a semifinal da Copa Libertadores. O duelo da volta será disputado na próxima quarta (28/08/2019), no Beira-Rio.

O jogo

O início do 1º tempo foi bastante brigado. O Flamengo teve mais posse de bola, mas poucas chances claras de gol foram criadas. O clima tenso foi percebido também na interação entre os jogadores.
Apesar dessa maior posse, os responsáveis pela criação rubro-negra, como Arrascaeta, se mostraram apagados. Gabigol, bem marcado, foi obrigado a voltar e buscar jogo para tentar furar a defesa colorada.

Já o Inter, bastante recuado, encontrou dificuldades na saída de bola. Quando ela chegou até Guerrero, o atacante estava sempre bem marcado.


2º tempo

Por causa de uma gastroenterite, Arrascaeta teve de ser substituído no início do 2º tempo. Gerson entrou no lugar do uruguaio.


A dinâmica da etapa complementar começou semelhante à do 1º tempo. O Flamengo com a bola, tentando encontrar espaços para penetrar a área adversário, enquanto o Inter, recuado, tentava o contra-ataque, sem sucesso.


De tanto pressionar, o Flamengo finalmente encontrou o gol aos 30 do 2º tempo. Após passe de Everton Ribeiro, Cuesta desarmou Bruno Henrique. A bola sobrou para Gerson, que conseguiu tirar do zagueiro, do goleiro Marcelo Lomba e deixar para o camisa 27 empurrar para o fundo das redes.


Aos 33, Bruno Henrique marcou o segundo. O atacante recebeu de Gabigol na entrada da área, girou em cima de Cuesta e colocou a bola no cantinho de Marcelo Lomba, ampliando a vantagem flamenguista

Fonte: Metrópoles
21 de Agosto, 2019 - 08:57
Scarpa vê placar excelente, mas quer pé no chão

Com um gol marcado por Gustavo Scarpa, o Palmeiras venceu o Grêmio na noite desta terça-feira, em Porto Alegre. Em vantagem nas quartas de final da Copa Libertadores, o meia procura manter a euforia longe antes do confronto decisivo em São Paulo.

“Não podemos ser hipócritas de falar que o resultado não foi bom. Foi excelente, mas não tem nada ganho. Precisamos continuar focados, porque a classificação ainda não veio. Então, de nada adianta um bom resultado aqui se não nos classificarmos”, disse Scarpa ao Fox Sports.

O Palmeiras marcou o gol da vitória contra o Grêmio aos 30 minutos do primeiro tempo. Em cobrança curta de falta, Marcos Rocha ajeitou para chute potente e certeiro de Gustavo Scarpa, que viu a bola tocar no travessão de Paulo Victor antes de balançar as redes.

“Às vezes, meus companheiros ficam bravos nos treinos, porque acabo chutando quando não devo. O Rocha falou: ‘Não, está muito longe’. Eu insisti, pedi para ele tocar e fui muito feliz no chute. Mas não tem nada ganho. A alegria acaba hoje e, amanhã, já temos que trabalhar de novo em busca da classificação”, afirmou.

Autor de seis gols, Gustavo Scarpa passou a dividir a artilharia da Copa Libertadores com Marco Ruben (Athletico-PR) e Adrian Martinez (Libertad). Em 2019, ele chega aos 10 gols, supera o companheiro do Dudu e assume o posto de recordista do elenco palmeirense.

“É legal ter uma sequência de jogos, marcar gols, dar assistências. Mas, principalmente, vencer. Por melhores que sejam, as atuações passam despercebidas quando o time não vence. Teremos mais uma guerra contra uma equipe extremamente qualificada e vamos fazer de tudo para classificar”, afirmou.


Fonte: Gazeta Esportiva
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais