Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 24 de Março de 2017
Pesquisar no site
ESPORTES
     
11 de Janeiro, 2017 - 15:02
Neymar luta contra jejum de gols pelo Barcelona

O atacante Neymar tem mais uma oportunidade nesta quarta-feira, no jogo do Barcelona contra o Athletic de Bilbao pela Copa do Rey, de encerrar um jejum de gols que tem servido de munição para seus críticos. Ele passou em branco nas últimas 11 partidas oficiais que disputou pelo time catalão e já dá sinais de incômodo com a situação. O craque chegou ao clube em 2013 e jamais ficou tantos jogos sem marcar.

O último gol de Neymar em partida oficial pelo Barça saiu em 19 de outubro, na goleada por 4 a 0 sobre o Manchester City, pela Liga dos Campeões. Desde então, foram 991 minutos em campo e nada. Na realidade, desde o início da temporada 2016/2017 o brasileiro tem se mostrado pouco amigo do gol. Marcou apenas seis vezes por seu time até agora, mesmo número de gols do meia Rafinha e bem distante dos 25 gols feitos por Messi e dos 15 de Luiz Suárez.

A "seca““, acompanhada de meses de irregularidade, tem custado caro a Neymar. Ele ficou de fora da corrida pelo prêmio de melhor do mundo - acabou em quarto, atrás do vencedor Cristiano Ronaldo, de Messi e de Griezmann. Pouco antes, na disputa da Bola de Ouro, tradicional troféu distribuído pela revista France Football, ficara em quinto. Além disso, foi desbancado por Phillipe Coutinho, do Liverpool, na disputa da condição de melhor brasileiro na Europa. Recebeu 27,88% dos votos, contra 32,13 de Coutinho.

A cada jogo que passa sem marcar, Neymar vê as críticas aumentar. Principalmente por parte da imprensa espanhola - sobretudo a de Madri, como aliás se poderia esperar. No domingo, por exemplo, após o empate por 1 a 1 do Barcelona com o Villarreal pelo Campeonato Espanhol, o diário Marca bateu duro no brasileiro: "O MSN é muito M, pouco S e nada N““, definiu, em tom provocativo.

O jornal fundamentou seu ataque a Neymar com estatísticas. Informou que ele perdeu 30 bolas durante a partida, deu 15 passes errados e concluiu apenas uma vez contra o gol do Villarreal.

Mesmo em Barcelona, as críticas, embora mais amenas, são feitas. "Neymar vive uma fase de desilusão com o gol““, escreveu o Sport.

A rigor, no entanto, o jejum de Neymar não é tão grande assim. Desde aquele gol contra o City, ele já marcou duas outras vezes: em 10 de novembro, pela seleção brasileira, nos 3 a 0 s0bre a Argentina no Mineirão, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia; e pelo próprio Barcelona, numa vitória por 5 a 3 sobre o Al Ahli, no Catar, em amistoso realizado em 13 de dezembro.

E, se tem feito menos gols, Neymar melhorou seu índice de assistências. Nesta temporada, já foram 13, o que representa um índice de o,69% de passes para gols do Barça. Em 2015/2016 esse índice foi de 0,40%. Aliás, a melhora do brasileiro nas assistências tem sido destacada por seus companheiros e pelo técnico Luiz Henrique ao defendê-lo.

O fato, porém, é que Neymar jamais passou tanto tempo em branco jogando pelo Barça. Sua maior seca havia sido de seis jogos. E, em toda a carreira, a "seca““ mais prolongada foi de nove partidas. Isso ocorreu em 2009, quando ele começava sua trajetória do time de cima do Santos e não era titular absoluto.

A partida entre Barcelona e Athletic de Bilbao, no Camp Nou, começa às 18h15 (de Brasília) e vale vaga nas quartas de final da Copa do Rey. Na semana passada, no País Basco, o Athletic venceu por 2 a 1. 


Fonte: Estadão
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
ESPORTES
20/03/2017
17/03/2017
15/03/2017
14/03/2017
13/03/2017
10/03/2017
03/03/2017
02/03/2017
01/03/2017
23/02/2017
22/02/2017
21/02/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player