Publicidade:
12 de Agosto, 2019 - 08:17
Felipão evita criticar o VAR e diz que 4º árbitro desrespeitou Deyverson

Após o polêmico empate com o Bahia no Allianz Parque, no qual Felipe Melo foi expulso ainda no primeiro tempo, o time visitante teve dois pênaltis marcados com a ajuda do VAR e os jogadores demonstraram bastante insatisfação com a atuação do trio de arbitragem, Luiz Felipe Scolari optou por não criticar o recurso de vídeo, previu uma evolução e disse que os erros acontecem para os dois lados.

“O VAR está aí, para melhorar, piorar ou para ter problemas, para que no futuro seja mais organizado. Foi institucionalizado. Um dia acham pelo em ovo de um lado, outro dia em outro lado. Temos que ficar quietos até termos certeza do que está sendo analisado”, declarou.

“Vai evoluir como está acontecendo na Inglaterra, mostrar no telão, mas isso é o futuro. Não vou discutir sobre hoje, porque não adianta. Não posso falar nada, quem fala é o VAR. Se ele diz que foi, quem sou eu para dizer que não? Mesmo que eu diga que acho que não foi, não vai mudar nada. Se não vai mudar nada, para que vamos emitir opinião? “, completou.

Mesmo sem criticar o VAR, o quarto árbitro não escapou da mira do treinador palestrino. Felipão revelou que Ilbert Estevam da Silva desrespeitou Deyverson ao chamá-lo de “fiteiro”. O atacante palmeirense, inclusive, protagonizou lance polêmico na etapa final ao cair dentro da área.

“Eu não admito que o quarto árbitro ou alguém se dirija ao Deyverson ou a outro jogador como se dirigiu ao Deyverson, dizendo que ele é fiteiro, faz muita fita, está se jogando… Não é ele quem tem que falar, é o árbitro. Não tem que falar com jogador dessa forma. Fala para o juiz. E o juiz toma a decisão” disse.

“Não gosto que falem com o atleta nesses termos, foi isso que eu cobrei. Ele pediu para que eu não levantasse o dedo. Hoje é o 14º jogo e hoje fui punido com o cartão amarelo. Foi isso que eu falei para ele”, finalizou.


Fonte: Gazeta Esportiva
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais