Publicidade:
14 de Setembro, 2019 - 19:06
Com golaço de Gabigol, Flamengo vence o Santos no Maracanã e termina o primeiro turno na liderança

A final simbólica do primeiro turno do Campeonato Brasileiro teve clima de decisão de verdade no Maracanã. E com um golaço de Gabigol por cobertura, o Flamengo venceu o Santos por 1 a 0 e se manteve na liderança da competição. Além da pintura do artilheiro do Rubro-Negro, o duelo teve muita intensidade, lindas jogadas, confusão entre o técnico Jorge Jesus e o lateral Jorge, arquibancadas lotadas... e faltas duras, daquelas que geram atritos entre os jogadores. No geral, a partida foi digna das belas campanhas que Flamengo e Santos têm feito até aqui.

Com a vitória, o Flamengo segue na primeira colocação, agora com 42 pontos – é a primeira vez, na história dos pontos corridos, que o Rubro-Negro termina o turno na ponta. O Santos, por sua vez, continua em segundo, com 37, mas pode perder posição para o Palmeiras, que enfrenta o Cruzeiro neste sábado. Clique aqui e veja a classificação.

Primeiro tempo

A etapa inicial foi muito intensa. Para os dois lados. Inclusive com momentos de maior tensão, com excessivas faltas. O Flamengo começou melhor, pressionando, mas sem criar chances de gol. O Santos, forte na marcação, criou a primeira oportunidade do jogo aos 7 minutos, em chute de Sasha que explodiu em Rafinha. Depois disso, o Flamengo chegou com Arrascaeta, com Everton Ribeiro... Mas o Peixe continuou perigoso no contra-ataque e quase marcou com Soteldo. Mas uma bola perdida por Sasha armou boa jogada para o Flamengo aos 43 minutos. E Gabigol marcou um golaço por cobertura, sem chance para Everson, que estava adiantado.

Segundo tempo

Embalado pelo gol no fim do primeiro tempo, o Flamengo foi para cima nos primeiros minutos da etapa final. E quase ampliou em finalizações de Gabigol e Everton Ribeiro. Aos poucos, porém, o Santos voltou a ter mais controle e evitou uma pressão maior. O Peixe chegou até a esboçar uma reação, mas não criou o suficiente para levar perigo ao gol de Diego Alves. O Flamengo, por sua vez, sempre perigoso quanto tinha a bola. À beira do gramado, os técnicos Jorge Jesus e Jorge Sampaoli mostraram tanta intensidade que ambos foram advertidos com cartão amarelo. Mas no placar, nenhuma mudança. O golaço de Gabigol no primeiro tempo decretou o resultado.


Fonte: G1
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais