Publicidade:
15 de Marco, 2020 - 11:15
São Paulo aproveita expulsão, vira o clássico e derrota Santos por 2 a 1

O São Paulo começou atrás, mas conseguiu virar a partida e bater o Santos por 2 a 1 neste sábado (14), em partida válida pela antepenúltima rodada da fase de grupos do Paulistão 2020.

Para conquistar os três pontos e garantir a classificação para a próxima fase da competição, o São Paulo contou com a vantagem numérica após a expulsão de Jobson e com dois gols de Pablo, que entrou em campo no segundo.

Com a vitória, o tricolor soma 18 pontos garante a classificação do tricolor para o mata-mata. O Santos permanece na liderança do grupo com 15 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Oeste e Água Santa, que somam 10

O confronto, realizado no estádio do Morumbi (SP), foi o primeiro clássico do Paulistão sem torcida nas arquibancadas por conta do coronavírus. A decisão é válida para todos os confrontos do Paulistão realizados na capital paulista e visa impedir a proliferação da doença.

Na semana que vem, São Paulo e Santos entram em campo no sábado. O Santos recebe o Santo André às 17h para confirmar a classificação e o tricolor enfrenta o Bragantino às 19h.

O duelo

O São Paulo começou o clássico com a marcação adiantada, enquanto o Santos apostava na velocidade de seus jogadores na tentativa de barrar a zaga tricolor. A tática do técnico Fernando Diniz deixava o time do Morumbi mais ofensivo e impedia o avanço do alvinegro.

A alternativa deu certo até o Santos aproveitar um erro de passe de Antony. Em uma bela troca de passes, Carlos Sánchez tabelou de letra e acionou Pará, que encontrou Arthur Gomes livre na área para abrir o placar na primeira finalização de equipe do litoral, aos 29 minutos.

Aos 44 minutos, Jobson levou um chapéu de Daniel Alves, entrou com o pé alto na coxa do meia tricolor, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a mais, o São Paulo quase empatou antes do intervalo na cabeçada de Bruno Alves, que levou perigo para o goleiro Everson.

De volta para a etapa complementar, o São Paulo entrou em campo com Pablo no lugar de Bruno Alves e, logo aos 8 minutos, o atacante tricolor aproveitou a saída errada de Everson do gol e estufou as redes para empatar o clássico.

Após desencantar, Pablo foi também responsável pela virada do tricolor. O atacante, que havia balançado as redes apenas uma vez na temporada, aproveitou um cruzamento de Alexandre Pato e cabeceou livre para o gol.

Atrás no placar e com um jogador a menos, o alvinegro do litoral não conseguiu se impor, foi pressionado pelo tricolor e contou com defesas difíceis do goleiro Everson para não perder por um placar mais elástico.


Fonte: r7
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais