Publicidade:
27 de Setembro, 2020 - 11:27
Piloto foge da PF e ateia fogo em avião na divisa do Pará e Mato Grosso

Avião monomotor, com suspeita de uso para o transporte de drogas, foi interceptado pela Polícia Federal e Força Aérea Brasileira (FAB), na sexta-feira (25), durante voo na região da Serra do Cachimbo, que faz divisa entre o Pará e Mato Grosso. O piloto conseguiu pousar e depois ateou fogo na aeronave.

De acordo com as informações da assessoria de imprensa, a aeronave estava sendo monitorada pela FAB logo após ter sido interceptada. Apesar de o comando para o pouso em uma pista indicada pelos militares, o piloto não obedeceu.

Ele acabou fazendo um pouso forçado em uma área de terra, na mata. Em seguida, ateou fogo no monomotor e fugiu. Militares acreditam que a ação foi para evitar a identificação da quadrilha, bem como a apreensão da droga que estava no interior.

Equipe da PF foi até o local após o sobrevoo e já encontrou o avião em chamas. O piloto foi procurado pela região, mas não foi localizado. Ele segue foragido. A área onde o caso foi registrado fica entre Pará e Mato Grosso, quase na divisa do município de Guarantã do Norte.


Fonte: Gazeta digital
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais