Publicidade:
9 de Julho, 2020 - 10:25
Polícia Civil cumpre mandados contra facção envolvida com tráfico de drogas e tortura em Poxoréu

A Polícia Civil, baseada em investigações da Delegacia de Poxoréu (251 km ao sul de Cuiabá) deflagrou na manhã desta quinta-feira (09.07), a operação Bateia, com alvo em uma organização criminosa envolvida em diversos crimes, entre eles tráfico de drogas e tortura.

A operação tinha o objetivo de dar cumprimento a 17 ordens judiciais contra o grupo criminoso, sendo dez mandados de prisão, sete de busca e apreensão, além de serem realizadas três prisões em flagrante.

Os trabalhos contaram com apoio da Delegacia Regional de Primavera do Leste, com a atuação de mais de 30 policiais entre investigadores, escrivães e delegados, sendo os mandados cumpridos nas cidades de Poxoréu, Rondonópolis e Guiratinga.

Segundo o delegado de Poxoréu, Rafael Fossari, a operação foi deflagrada para combater a atuação da facção criminosa atuante em diversos crimes no município. As investigações que identificaram o grupo iniciaram há cerca de 60 dias após um usuário ser torturado pelo grupo em razão de uma dívida de drogas.

“No decorrer das investigações, identificamos que o crime foi praticado por integrantes do grupo criminoso, assim como o envolvimento da facção em diversos outros crimes, especialmente o tráfico de drogas, sendo representado então pelas ordens judiciais contra os investigados”, disse o delegado.   

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos até o momento uma arma de fogo, porções de entorpecentes, dinheiro e veículos, além de três flagrantes.  O delegado regional de Primavera do Leste, Carlos Roberto Moreira de Oliveira, elogiou o trabalho investigativo realizado pela Delegacia de Poxoréu que resultou na deflagração da operação.

“É um trabalho de inteligência que fez o mapeamento de todas as circunstâncias que envolviam a facção, aliado a colaboração do efetivo de toda a Regional de Primavera do Leste, sendo possível a deflagração da operação com o cumprimento de todas as ordens judiciais e desarticulação do grupo criminoso”, disse o delegado regional.

O nome da operação Batera faz alusão a um artefato utilizado na atividade do garimpo, para separar a terra do ouro.


Da assessoria


9 de Julho, 2020 - 10:16
Jovem é morta à tiros pelo ex-namorado; amiga foi baleada

O homicídio e a tentativa foram registrados na noite de ontem (08), em uma propriedade rural da cidade de São Félix do Araguaia. Uma jovem identificada apenas como Tainá, de 20 anos, morreu após ter sido baleada pelo ex-namorado.

Segundo informações, a vítima e uma amiga estavam na propriedade quando o suspeito se aproximou e efetuou os tiros contra as amigas. Sendo que Tainá acabou vindo a óbito e a outra jovem K. L. F. N., de 22 anos, foi encaminhada ao hospital após ser baleada no braço.


A Polícia Militar chegou a realizar rondas, porém o suspeito não foi localizado. O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil.


Da redação


Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais