Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 28 de Junho de 2017
Pesquisar no site
OPINIÕES
     
05/06/2017
Não temos outra morada física senão a Terra
Andamos alegremente esquecidos de que somos criaturas dependentes da Mãe Natureza; portanto, devemos cuidar muito bem dela. Quanto às Profecias Bíblicas, a exemplo do Sermão Profético de Jesus (Evangelho, segundo Mateus, capítulo 24) e do Apocalipse, não são para apavorar.

Pelo contrário, servem de aviso milenário. Assustador é o que faz o ser humano. As predições são alertamentos de Deus a respeito deste fato: se prosseguirmos como vamos indo, usando mal o nosso livre-arbítrio, as consequências serão tais, tais e tais. As admoestações dos Profetas, pois, não são para atemorizar ou mesmo “visões” de quaisquer doidivanas.

Na verdade, debiloide é a ação de gente considerada prática, e que de prática não tem nada, mas, sim, de gananciosa e suicida, porquanto não temos outra morada a não ser este sofrido planeta, cuja paciência vai-se flagrantemente esgotando. Razão por que Jesus, o Profeta Divino, no Seu Evangelho, consoante Mateus, 24:21, diz, ao se referir à Grande Tribulação, que esta será como nunca vista, desde a fundação do mundo, nem jamais se repetirá. Tal fato de tamanha envergadura não se deu na Terra ainda. Pelo menos no período em que nós, seres humanos, passamos a habitar sobre a sua face. E aqui a transcrição do versículo 22: “Se Deus não abreviasse aqueles dias, nem os escolhidos seriam salvos”.

“Último Armagedom”
Afirmo sempre: sem o Novo Mandamento de Jesus, que Alziro Zarur (1914-1979) apresentava como Chave da Vida e Chave da Morte, até as Divinas Leis, no coração dos que não sabem amar por não conhecerem e não cumprirem o Mandamento do Senhor da Terra, podem ser usadas como ferramentas de tirania. Porquanto, infelizmente muita vez o ser humano rebaixa as grandes ideias às suas restritíssimas capacidades de entendimento diante do infinito dos Universos. Perde o seu tempo, atrasa a sua evolução espiritual, porque a Lei de Deus não vai se perturbar por causa da ação mesquinha do homem.

Finalizo com estas confortadoras palavras deixadas por Alziro Zarur: “O último Armagedom passará, como passarão todas as guerras, todos os sectarismos, os ódios, as doenças, as baixezas e todos os horrores da vida e da morte. E vocês verão um novo Céu e uma nova Terra. Formarão — diante de Deus — um só Rebanho para um só Pastor, serão as ovelhas escolhidas pela Boa Vontade, assinaladas pelo Novo Mandamento do Cristo, o Amor eterno, sem divisionismo e sem farisaísmo, o Amor sem fim, que vem de Deus para os filhos que O amam, amando a terra e amando o céu”.
Por: Paiva Netto
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
OPINIÕES
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player