Publicidade:
17/08/2020
Economista: sua voz faz a diferença!
O mês de agosto tem uma simbologia especial para todo economista. É neste período em que comemoramos o exercício dessa tão importante profissão. Importante para nós, que a desenvolvemos com base em muito estudo e aprendizagem constantes, e importante para empresas, setor público e sociedade.

É notório que a economia mundial enfrenta uma série de desafios, num momento de instabilidade e reconstrução. Nesses momentos, a responsabilidade vem com um peso ainda maior. Nós, os economistas, seguimos firmes na missão, com ousadia, coragem e conhecimento técnico, contribuindo para a retomada dos resultados positivos.

Nesta data em que comemoramos o Dia do economista, manifestamos o nosso reconhecimento àqueles que se dedicam a traçar estratégias, oferecem o seu melhor nas diversas frentes de trabalho, são capazes de identificar riscos, evitando assim tomadas de decisões equivocadas, estudam as melhores ações, se reinventam, buscam possibilidades e orientam com firmeza e segurança aos que lhes pedem auxílio.

Apesar do momento atípico, num cenário de pandemia, e com tantas incertezas provocadas pelo fechamento de empresas, alto índice de endividamento e desemprego, uma certeza há: o nosso trabalho, enquanto economistas, é imprescindível para esta reconstrução, seja no ambiente público ou privado, presencialmente ou virtualmente. Economista: a sua voz pode fazer toda a diferença!

É por isso que, no mês em que celebramos nossa profissão, enquanto presidente do Conselho Regional de Economia de Mato Grosso, convido a todos os economistas, a nos unir numa iniciativa do Conselho Federal de Economia (Cofecon) junto aos Corecons de todo o país: alcançar o maior número possível de pessoas levando informações e orientações úteis. Além das mídias tradicionais, temos a internet à nossa disposição, que nos permite chegar a lugares distantes, através das redes sociais e outras variadas plataformas virtuais, fazendo lives, escrevendo artigos, promovendo webinares (seminários através da web).

Podemos e devemos nos aproximar dos empresários, que têm necessidade de reorganizar as contas depois de um longo período com os estabelecimentos fechados, e ainda podemos ajudar o pai de família, a dona de casa, que precisam de orientações sobre finanças.

Nós, juntos, podemos fazer muito pelo nosso país! Nossas ações estão diretamente ligadas ao fortalecimento da economia e como resultado: o progresso. Quem tem um economista por perto, reconhece a sua vocação de facilitador de caminhos.  

Sigamos em frente, por uma economia melhor! Obrigado, economista. A sua voz faz a diferença!  
Por: Evaldo Silva
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais