Publicidade:
8 de Dezembro, 2019 - 10:56
PM prende quatro homens com mandados de prisão em aberto em Cuiabá e interior

Policiais militares prenderam nesta quarta-feira (04.12) quatro foragidos da justiça, em decorrência de mandados de prisão em aberto, nos municípios de Cuiabá, Vera e Mirassol D“Oeste.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais receberam uma informação da equipe de inteligência do 1º Batalhão, de que no Bairro Praeirinho, em Cuiabá, havia um suspeito foragido da justiça. No local indicado, a guarnição encontrou D.L.A.S.(27 anos) e o abordou. Na checagem, constou um mandado em aberto, pelo crime de homicídio, em desfavor do suspeito.

Ainda em Cuiabá, no Bairro Praeiro, policiais da Rotam prenderam C.E.H. (41) após encontrarem o suspeito no pátio de um posto de combustível, na Avenida Beira Rio. Em checagem via sistema, constatou um mandado em aberto, por estelionato, oriundo da 5ª Vara Criminal da Capital.

Em Vera (a 461 km de Cuiabá), os policiais prenderam L.R. (44), foragido da justiça, após receberem a informação que ele estaria em um bar, no bairro Sol Nascente. No local, realizaram a abordagem e em checagem constataram que o suspeito além de possuir várias passagens de estelionato, em seu nome contava um mandado em aberto.

Já em Mirassol D´Oeste (a 295 km da Capital), os policiais realizavam patrulhamento, quando abordaram o suspeito J.R.L. (44) e encontraram um mandado de prisão em desfavor do mesmo.


Da assessoria

8 de Dezembro, 2019 - 10:32
Empresária grita e corre pedindo socorro; Bandidos atiram e fogem com dinheiro

Três assaltantes foram presos e um conseguiu fugir após a proprietária de um mercado do Residencial Casaldaliga, em Rondonópolis, flagrar pela câmera de segurança o momento em que o bando entrou no estabelecimento e estava rendendo os funcionários. Com medo, a empresária saiu correndo e gritando, com isso, assustou os ladrões que tentaram fugir do local e ainda atiraram contra ela.

Os bandidos foram identificados como Sávio Eloi de Santana, Willian Silva de Almeida e Lucas Arruda Padilha da Silva foram presos durante a tentativa de fuga no início da noite desse sábado (07), em Rondonópolis (212 km da Capital).

O quarto assaltante escapou do cerco, mas a Polícia Militar (PM) fazer a identificação após ele esquecer um celular dentro do Fiat Uno que quadrilha usou na tentativa de roubo. Na tela do aparelho há uma foto do bandido.

Os criminosos foram presos depois que a PM recebeu informações de populares.

Savio foi o primeiro a ser preso próximo à Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). O ladrão explicou que ele e os três comparsas invadiram o mercado, anunciaram o assalto até que em determinado momento escutaram gritos e um tiro, nesse momento, saíram correndo do estabelecimento e logo foi detido pela guarnição militar.

O acusado assumiu ainda que ele era quem estava armado e que durante a tentativa de fuga tirou três balas que estavam no revólver e jogou a arma no meio do mato.

O segundo criminoso, Willian, foi detido por policiais da Força Tática. De acordo foi ele quem “fez limpa” no caixa. Durante a abordagem policial foi encontrado o dinheiro do roubo distribuído pelos bolsos do acusado.

Lucas, que ficou dando apoio do lado de fora, foi detido ainda tentando foragir no Fiat Uno que usou no crime.

A proprietária do mercado disse à polícia que viu o momento em que os bandidos entraram e renderam os funcionários, nesse momento ela saiu correndo e gritando. Os bandidos se assustaram e tentou fugir, a vítima os seguiu e viu que estavam entrando no Fiat Uno para escaparem

Sávio percebeu que estavam sendo seguido e então, ainda segundo a vítima, o bandido tentou disparar diversas vezes contra ela, mas apenas um tiro disparou sem atingir a mulher.

Os bandidos foram presos e encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia Civil, responsável pela investigação do assalto e vão responder por roubo, tentativa de homicídio e formação de quadrilha.

Os militares fizeram uma varredura numa região de mato próximo ao local do roubo e encontraram a arma usada no assalto com duas munições.

Foi recuperado o dinheiro roubado e apreendido o Uno usado na ação criminosa, o celular do quarto bandido, que ainda não foi preso, mas foi identificado.

Fonte: repórtermt
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais