Publicidade:
4 de Setembro, 2019 - 16:27
Polícia Civil localiza homem que estava 11 anos sem entrar em contato com a família

Um homem que estava sem dar notícias para família há mais de 11 anos foi localizado pela Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (04.09), em ação integrada do Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e Divisão de Homicídios de Sinop (499 km ao Norte).

Manoel Lucindo da Silva, 50 anos, morava no distrito de Canga, região de Poconé, e saiu de casa no ano de 2008 para trabalhar em uma fazenda no Norte do Estado, ocasião em que não entrou mais em contato com a família.

Apesar de tantos anos desaparecido, o boletim de ocorrência relatando o fato só foi registrado pela família, no final de agosto deste ano Segundo a comunicante (irmã da vítima), era difícil a localização do suspeito, uma vez que o seu nome de registro era diferente do nome que a família procurava (Manoel Nunes da Silva).

A verdadeira identidade do desaparecido (Manoel Lucindo da Silva) foi descoberta, após a irmã da vítima ir a paróquia do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, onde conseguiu o seu nome de batismo. Com a nova informação, a família procurou o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP, em Cuiabá.

Diante dos relatos, os policiais do Núcleo entraram em contato com a equipe da Divisão de Homicídios de Sinop, conseguindo através do trabalho integrado, chegar a localização do desaparecido. Após ser encontrada, a vítima já se deslocou para Poconé, cidade onde a mãe reside, para reencontrar a família.


Da assessoria


Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais