Publicidade:
8 de Outubro, 2019 - 13:41
Ex PM confessa homicídio de enfermeira e afirma que mandante é o marido da vítima

Um ex-policial militar, identidade preservada, confessou durante investigações feitas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que matou a enfermeira Zuilda Rodrigues de 40 anos, a mando do marido da vítima

Para o delegado, o suspeito alegou que trabalhava para o casal como segurança no espetinho, porém acabou sendo mandado embora. O ex-policial confirma que foi procurado pelo marido da vítima, para que o mesmo a executasse.

Os motivos pelo acontecimento do crime devem ser repassados pela Polícia Civil durante coletiva que será realizada nesta tarde de terça-feira (08), na delegacia Municipal de Sinop. O marido da enfermeira se encontra foragido.

Conforme já informado, o corpo de Zuilda foi encontrado dentro de um rio, em uma área de mata na estrada Rute de Souza, próximo ao Portal do Servidor, mais precisamente ao lado do centro de treinamentos da equipe de freestyle do vereador Joaninha.

A vítima estava desaparecida desde o último dia 27/09. A confirmação da identificação da mesma foi feita pelo próprio filho de Zuilda.

Em instantes mais informações.


Da redação

Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais