Publicidade:
31 de Outubro, 2020 - 19:38
Idoso é morto a tiros em casa e garota confessa plano para roubar aposentadoria

Um idoso de 77 anos foi morto a tiros dentro de sua própria casa, por ladrões que invadiram o imóvel para roubar, no município de Poconé (104 km de Cuiabá). O latrocínio foi registrado na noite desta sexta-feira (30) e poucas horas depois, já neste sábado (31), dois homens e uma mulher foram presos acusados de envolvimento no crime. O plano dos criminosos era roubar a aposentadoria do idoso que tinha hábito de guardar dinheiro embaixo do colchão, mas não há confirmação se eles conseguiram levar o dinheiro.

Trata-se de uma jovem de 18 anos, outro rapaz de 21 e um terceiro coparsa de idade não informada. Nomes dos criminosos também não foram repassados pela Polícia Militar, responsável pelas prisões.

A vítima é Felicissimo de Almeida, que foi presa dentro de um dos quartos da residência, no bairro João Godofredo, e assassinada com dois tiros, por volta das 20h. Conforme relato contido no boletim de ocorrência da Polícia Militar, os ladrões que invadiram a residência estavam encapuzados, levantando a hipótese de que pudessem ser conhecidos da vítima.

O documento policial relata que os criminosos invadiram a casa do idoso duas vezes no mesmo dia, sendo que na primeira invasão, ocorrida durante o dia, ele conseguiu se desvencilhar e espantar os ladrões ao gritar por socorro.

No entanto, quando anoiteceu, os bandidos voltaram à casa. Essa versão foi repassada por um irmão do idoso que também estava no imóvel a afirma ter sido rendido e colocado dentro de outro cômodo da casa, separado do irmão. Ele relatou que os três invadores cobriam os rostos com capuzes.

O homem disse aos militares que enquanto estava trancado em um dos quartos escutou dois barulhos de tiros vindos do outro cômodo, momento em que os invadores fugiram do local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu Felicissimo que foi levado para o Pronto Atendimento da Cidade, onde não registiu e morreu logo depois de dar entrada na unidade hospitalar.

Foi também esse irmão da vítima que informou aos militares a identidade da jovem que havia ido até a casa momentos antes dos três homens invadirem a residência. Ele detalhou que a garota era moradora do bairro Cruz Preta e frequentadora assídua da casa do aposentado. Segundo ele, a jovem sabia que a vítima tinha recebido a aposentadoria na sexta-feira, dando a entender que ela combinou com os comparsas para invadir a casa e roubar o dinheiro do idoso.

Consta ainda no boletim confeccionado pela Polícia Civil que a jovem confessou participação no crime dizendo que prestava serviços ao idoso e descobriu que ele guardava dinheiro embaixo do colchão. Por isso, ela combinou com comparsas repassando as informções para que eles roubassem o dinheiro do aposentado. Essa versão será investigada pela Polícia Civil.

PRISÕES

A prisão dos três suspeitos foi efetuada neste sábado por uma equipe da Polícia Militar. Como a garota confessou e delatou os comparsas, os militares foram até uma oficina e prenderam outros 2 suspeitos no bairro João Godofredo. Consta no boletim de ocorrência que ambos negaram participação, ou seja, disseram que a jovem estava mentindo. Agora, essa versão serão investigada pela Polícia Civil de Poconé. 


Fonte: Folha max
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais