Publicidade:
28 de Novembro, 2020 - 19:02
Homem que abusou de garota de 11 anos e matou mãe é preso na porta de banco

O Homem identificado como Jeferson vulgo Todinho, de 33 anos que matou mãe e estuprou a filha dela, de 11 anos, na madrugada de segunda (23), em Barra do Garças (a 500 km de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, nesta sexta (27). Ele confessou o crime e afirmou que cometeu o homicídio porque ela o reconheceu.

Conforme informações da Polícia Militar, a guarnição foi acionada pela pelos vizinhos que estavam estranhando a ausência da mãe e filha e resolveram ir até o local. Eles gritaram e, como a casa estava trancada, pediram para o proprietário que pulou pelo lado do vizinho e viu a mulher, de 30 anos, amarrada e morta.

Uma das vizinhas então resolveu entrar e começou a chamar pelo nome a menina, que saiu do quarto assustada e machucada. Ela conseguiu explicar que estava em casa com a mãe, quando o homem "alto e branco" invadiu a casa pelos fundos com uma faca. Ele a amarrou e a trancou no quarto. Ela não falou se viu o que aconteceu com a mãe.

Os militares então entraram na casa e viram a segunda vítima amordaçada e amarrada dos pés a cabeça, deitada de bruços. Com isso foi acionada o Corpo de Bombeiros, que constatou a morte da mãe.

À polícia, o bandido disse que se recordava somente do abuso à mãe da menina e decidiu assassiná-la porque ela o teria reconhecido.


Fonte: hiper noticias
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais