Publicidade:
22 de Novembro, 2019 - 09:09
TSE mantém inquérito contra deputado que corre risco de cassação em MT

O pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve por unanimidade o inquérito da Polícia Federal contra o deputado estadual Carlos Avalone (PSDB) por abuso de poder político e econômico na eleição de 2018.

Segundo a investigação, cabos eleitorais foram flagrados no dia 4 de outubro de 2018, na BR-070, próximo a Poconé (105 km de Cuiabá), às vésperas das eleições com cerca de R$ 90 mil em dinheiro vivo santinhos dentro de um carro. A apreensão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Para barrar a investigação, Avalone entrou com um agravo de instrumento para trancar o inquérito policial, mas conforme a decisão do TSE, os ministros acompanharam o voto do relator, ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, pela denegação do pedido do deputado.

Seguiram o voto de Tarcísio de Carvalho, os ministros Sérgio Banhos, Edson Fachin, Marco Aurélio, Og Fernandes, Luís Felipe Salomão, e Rosa Weber (presidente).

Conforme a decisão, a investigação continua no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).


Fonte: folha max
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais