Publicidade:
28 de Setembro, 2020 - 19:43
Deputado garante participação ativa de Mauro na campanha de senador em MT

Embora o governador Mauro Mendes (DEM) afirme que está focado nas ações de governo que ocupam a maior parte de seu tempo, a eleição suplementar ao Senado marcada para 15 de novembro e as estratégias de apoio ao candidato Carlos Fávaro (PSD) também fazem parte de sua agenda. O democrata tem participado de reuniões com outros apoiadores de Fávaro para orientar em algumas ações.

Uma dessas reuniões foi realizada na manhã desta segunda-feira (28) com a participação do deputado federal Neri Geller (PP), que comentou sobre a atuação do governador na campanha de Fávaro. "Ele tem nos orientado, inclusive agora eu conversei com o Mauro Mendes sobre algumas ações que estamos implementando. Nós estivemos reunidos agora de manhã com a equipe de marketing do Carlos Fávaro desde às 7h30", disse o parlamentar.

Conforme ele, foi uma reunião de aproximadamente 1h30 para debater estratégias que deverão ser adotadas nos próximos dias agora que está liberada a propaganda eleitoral. Geller argumenta que não pode afirmar se o governador vai gravar alguma peça de campanha pedido votos para Fávaro, mas sinaliza que sua participação tende a ser intensificada.

"O que posso dizer é que ele está junto, está nos orientando, está ajudando e o candidato dele é o Carlos Fávaro. Acho que no momento certo ele vai entrar sim", colocou Neri. 

DISPUTA EM LUCAS

Geller também comentou sobre a disputa eleitoral no município de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá) onde apoia a reeleição do atual prefeito Luiz Binotti (PSD) tendo como vice o cirurgião-dentista Dilson Rodrigues Coelho Filho (PP).

"O PP indicou o vice alinhado 100% com o nosso grupo: eu Carlos Fávaro, Rogério, fechado com o Binotti que fez um grande trabalho, uma grande gestão, tem uma aceitação hoje com dados que demonstram isso claramente de mais de 70% e nós estamos 100% confiantes que o Luiz ganhe a eleição e vai continuar mais quatro anos", comentou o parlamentar.

Ele pondera, no entanto, que a disputa eleitoral no município é pesada porque os grupos do outro lado também são fortes. "Mas a saída do Marino Franz da disputa abre um vácuo muito grande e cresceu muito a possibilidade até porque a diferença hoje as pesquisas apontam e nosso grupo está muito coeso e muito fechado, com respeito aos adversários", observou Geller que já está participando da campanha de reeleição de Binotti.

Na disputa pela Prefeitura de Lucas do Rio Verde tem outros três candidatos: Cláudio Senna (Podemos), Mano da Saúde (PROS) e Miguel Vaz (Cidadania) que tem o PDT do vice-governador Otaviano Pivetta, em sua coligação. Geller foi questionado sobre a atuação de Pivetta em defesa do principal adversário de Binotti, mas desconversou. "Essa é uma posição dele, eu não posso falar por ele", observou Geller ao ressaltar que enquanto líder da bancada federal de Mato Grosso em Brasília, tem uma relação boa e de respeito com todos os candidatos.


Fonte: Folha max
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais