Publicidade:
12 de Janeiro, 2021 - 14:47
Prefeito faz boletim acusando Thelma deixar pagamentos agendados para 2021

O prefeito de Chapada dos Guimarães, Osmar Froner (MDB), registrou boletim de ocorrência contra a antecessora,  Thelma   de Oliveira (PSDB), e o ex-secretário municipal de Saúde, Rubens dos Santos Ranzani. Acusa os ex-gestores de utilizar as contas bancárias do município, de forma ilegal, para fazer  pagamentos de fornecedores dentro do exercício de 2021.

No registro, Froner  afirma que a Thelma e o ex-secretário, que era ordenador de despesa do Fundo Municipal de Saúde, mediante uso de chave e senha bancária, fizeram transferências programadas nos últimos dias da gestão passada para que caíssem na conta dentro do exercício de 2021. Os pagamentos foram processados pelo banco em 4 de janeiro.

O emedebista explica que ambos sabiam que não havia saldo na conta nos últimos dias de dezembro. No entanto, no dia 4 deste mês, foi verificado que ocorreram quatro ordens bancárias da União em favor do município, que somados formam um  montante superior a R$ 707, 6 mil.

Segundo consta no boletim, na mesma data foram feitos 12 pagamentos, no valor total de R$ 441, 7 mil, programados antes do término do exercício financeiro de 2020 por Thelma e Rubens.

Além disso, também houve uma tentativa de pagamento no valor de R$ 444,7 mil, que não foi compensado por falta de saldo na conta bancária.

O prefeito classificou como ação criminosa a medida adotada pelos ex-gestores. Por isso, vai buscar as medidas legais cabíveis.

“Causou danos para toda população chapadense, principalmente os servidores públicos do município, uma vez que prejudicou o pagamento da folha de dezembro”, disse.


Fonte: RDNews
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais