Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 23 de Outubro de 2017
Pesquisar no site
REGIONAL
     
10 de Agosto, 2017 - 08:37
Exército apresenta plano de atuação para assumir obras na BR-163

Um convênio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com o Exército Brasileiro, intermediado pelo senador Wellington Fagundes (PR/MT), dará celeridade e qualidade às obras da BR-163, no Pará. A iniciativa vai evitar que a situação calamitosa ocorrida em março deste ano, durante a época de chuvas, quando trechos ficaram intrafegáveis por conta do atoleiro, volte a acontecer.

Wellington Fagundes, que preside a Frente Parlamentar de Logística de Transportes e Armazenagem (Frenlog), adiantou nesta quarta-feira, 9, durante audiência no Comando Geral do Exército - em Brasília -, que as Forças Armadas já executam uma verdadeira "operação de guerra" para dar início aos trabalhos. "Pelo que o General-de-Exército informou, já são pelo menos três batalhões empenhados em realizar os estudos iniciais e assim que aprovados, dar início às obras".

Segundo Fagundes, apesar de as obras abarcarem, em sua maioria, o município de Trairão – sudoeste paraense –, elas irão beneficiar diretamente o tráfego de carretas mato-grossenses que escoam a produção do Estado pelo porto de Miritituba/PA.

O General-de-Brigada Daniel Dantas, que está à frente do acordo com o DNIT, conta que as tratativas se encontram em fase final para celebração do Termo de Execução Descentralizada (TED), que viabilizará o início dos trabalhos.

"A mobilização já está toda planejada. Para ter uma ideia, vamos deslocar equipamentos dos batalhões de engenharia de Porto Velho (Rondônia) e Rio Branco (Acre), além de utilizar equipamentos do 8º Batalhão de Engenharia e Construção de Santarém/PA. Na verdade, até mesmo o batalhão de Araguari (MG) destinará equipamentos para ajudar na pavimentação da BR 163", explicou o general.

Segundo o militar, essa é uma parceria importante entre o Exército Brasileiro e o DNIT, onde as Forças Armadas colaboram com o desenvolvimento nacional e, por outro lado, viabiliza-se a qualificação dos reservistas.

O diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luiz Antônio Garcia, afirmou que a decisão para o TED partiu do ministro Maurício Quintella, dos Transportes, em conjunto com o presidente Michel Temer. "A ideia é fortalecer a presença do Estado brasileiro na região. Para se ter uma ideia, o posto da Polícia Federal mais próximo dali fica a 700 km, em Santarém, e conta com apenas quatro policiais. Então, a presença do Exército na região vai possibilitar, além da retomada e da aceleração das obras de pavimentação, o melhor controle do tráfego e a garantia da trafegabilidade no período chuvoso", informou o gestor.


Da Assessoria

 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
REGIONAL
22/10/2017
21/10/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player