Publicidade:
8 de Novembro, 2019 - 14:05
Prefeitura recebe projeto de recuperação da pista do aeroporto de Sorriso

A Infraero entregou, na manhã desta sexta-feira (8), o projeto de revitalização, recuperação e sinalização horizontal da pista de pousos e decolagens do Aeroporto Regional de Sorriso Adolino Bedin. O projeto faz parte do contrato firmado, em junho deste ano, entre a empresa e a Administração Municipal.

De acordo com o projeto, o investimento previsto é de cerca de R$ 8 milhões, o prazo é de aproximadamente nove meses, e será feito em cinco etapas. O projeto também sugere que as obras devem ocorrer de segunda a sábado, no período diurno, sem comprometer as operações do terminal. Os serviços são necessários para que o aeroporto possa receber aeronaves maiores, como Embraer 190, 195 e similares.

O prefeito Ari Lafin explica que o próximo passo será abrir um processo licitatório para a contratação da empresa que realizará os serviços e, ainda, buscar a liberação do recurso alocado junto ao Governo Federal.  “Agora daremos início ao processo de licitação da obra e agendaremos uma reunião na Secretaria Nacional de Aviação Civil, em Brasília, buscando a liberação do valor já alocado para o nosso aeroporto. Acredito que até julho de 2020 possamos retomar os voos com aeronaves maiores”, ressalta Lafin.

O superintendente de Engenharia da Infraero, Giuliano Capucho, pontua que as soluções adotadas no projeto atendem aos requisitos do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil. “Com a execução do projeto, a segurança das operações aéreas será ampliada e a vida útil do pavimento será de até 20 anos, permitindo operações de aeronave com maior peso”.

O deputado estadual, Xuxu Dal Molin, ressalta a importância da parceria público-privada para a construção, funcionamento e agora reestruturação do Aeroporto de Sorriso. “Participamos do planejamento desse aeroporto, junto com a Comissão Pró-aeroporto vimos o projeto sair do papel e virar realidade. Agora vamos reformar a pista e começar a sonhar com a ampliação do aeroporto, novas linhas e mais empresas aéreas”.


Da assessoria


Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais