Publicidade:
22 de Novembro, 2019 - 10:26
Médico que já agrediu 3 mulheres é solto 10 dias após prisão em Cuiabá

O médico E.M.J., 30 anos, detido desde o último dia 12 de novembro por agredir sua companheira, teve sua prisão revogada nesta quinta-feira (21). A decisão é da juíza Ana Graziela Vaz de Campos, da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica Contra Mulher.

E.M.J. terá que cumprir algumas medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica. Já a vítima da agressão, terá um ‘botão do pânico’ a sua disposição. Caso o suspeito se aproxime a 500 metros dela, pode acionar o dispositivo que a polícia será comunicada.

Reincidente

Esta já a 3º situação de agressão contra mulher envolvendo o médico. A primeira ocorreu há dois anos, onde uma professora teria sido agredida por ele. O segundo caso foi registrado em fevereiro deste ano, onde uma empresária também "apanhou" do médico. Na ocasião, ele também chegou a ser detido


Fonte: folha max
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais