Publicidade:
27 de Setembro, 2020 - 10:55
Bebê que teve 80% do corpo queimado por explosão em fogão a lenha tem alta após 40 dias internado em MT

O menino de 1 ano que teve 80% do corpo queimado após a explosão de um fogão a lenha, em um sítio em Tangará da Serra, a 242 km da capital, teve alta médica e foi para casa nesse sábado (26).

Nickolas estava internado há cerca de 40 dias em Cuiabá, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Agora, o menino vai continuar o tratamento em casa.

O acidente ocorreu no dia 16 de agosto em um assentamento rural. A mãe da criança também foi atingida, mas teve ferimentos mais leves.

De acordo com o pai do menino, Fernando dos Santos, de 24 anos, a mulher dele, Rayane Souza, de 21 anos, mãe de Nickolas, tentou acender o fogão à lenha quando ocorreu uma explosão.

O pai suspeita que havia algum produto altamente inflamável no galão que seria de diesel, o que provocou a explosão.

Nikolas foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e então transferido para Cuiabá, onde estava internado.


Fonte: G1MT
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais