Publicidade:
24 de Janeiro, 2020 - 16:49
Adolescente é apreendido suspeito de estuprar prima de um ano e seis meses

Um adolescente de 14 anos foi transferido para um centro socioeducativo Manaus após ser apreendido suspeito de estuprar a prima, uma criança de um ano e seis meses, no município de Tefé, 523 Km distante de Manaus, na madrugada desta sexta-feira (24). De acordo com a polícia, a vítima estava em uma casa com o suspeito e a avó deles quando crime aconteceu. O bebê está internado em um hospital do município após passar por cirurgia.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Tefé, João Batista Flores, o crime aconteceu na tarde de terça-feira (21), por volta das 16h30. Os pais da vítima saíram para fazer cobranças e deixaram a criança com a avó. A senhora dormiu e pediu para o adolescente reparar a criança, momento em que efetuou o ato sexual.

Após cometer o crime, ele acordou a avó, que notou que algo estava errado. O adolescente não chegou a fugir de casa. No local, ele alegou que a criança caiu da rede e se machucou. O jovem foi apreendido no mesmo dia do crime, por volta das 21h.

Ainda conforme o delegado, a criança foi encaminhada para a unidade hospitalar do município, onde passou por procedimentos cirúrgicos para reconstrução das partes íntimas. A criança continua internada e recebe atendimento médico.

Batista informou ainda que uma notícia falsa teria causado um início de manifestação da população em frente à Delegacia. Os moradores acreditavam que a vítima teria falecido e que o adolescente seria solto. A notícia foi desmentida, e a situação foi normalizada.

Após ser apreendido em Tefé, o adolescente foi encaminhado para Manaus, nesta sexta-feira (24), onde ficará internado em um centro socioeducativo.

Fonte: G1
24 de Janeiro, 2020 - 16:44
Mulher morre ao ser atropelada por ônibus da Eucatur em balsa

Uma mulher morreu, nesta sexta-feira (24), depois de ser atropelada por um ônibus da Eucatur na saída da balsa que liga Rondônia ao Acre, no rio Madeira. A filha da mulher também foi atropelada pelo ônibus e segue internada. Em nota divulgada à imprensa, a empresa de transporte diz apurar as causas do acidente e que as informações ainda são "inconsistentes".

Segundo a própria Eucatur, a passageira viajava para Rio Branco (AC) acompanhada de familiares em outra empresa de transporte.

No processo de travessia da balsa, em Porto Velho, o ônibus da Eucatur acabou passando por cima da mulher e da filha dela, de 14 anos. A mãe morreu na hora, enquanto a filha teve vários ferimentos no corpo, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A Eucatur diz ter enviado uma equipe ao local do acidente para levantar informações sobre a causa do duplo atropelamento. A empresa ressaltou estar prestando toda assistência necessária aos familiares das vítimas.

Em nota, a Eucatur reiterou que os demais passageiros do ônibus foram realocados em outro veículo e seguiram viagem.

A balsa é a única ligação entre Rondônia e Acre. Isso porque a ponte sobre o rio Madeira não foi inaugurada e segue em obras. A balsa segue operando normalmente no rio Madeira após o acidente, informou a polícia.

Fonte: G1
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais