Publicidade:
19 de Novembro, 2019 - 10:00
Radialista da Band é afastado após dizer que âncora da Globo “queima rosca”

O radialista Luiz Gama, da BandNews FM Goiânia, foi afastado da emissora após comentários tidos como preconceituosos nas redes sociais. Na manhã desta segunda-feira (18), a empresa informou o afastamento de Luiz do quadro de profissionais e disse que não compactuava com os comentários, mesmo eles tendo sido feitos fora do local de trabalho.

“Mesmo se tratando de iniciativa exterior, individual, dissociada do posicionamento da emissora e dos ideais que ela defende, informamos que não se manterá como parte da equipe qualquer funcionário que tenha comportamento adverso a estes valores”, escreveu em nota.

Na última quarta (13), o radialista elogiou no Twitter a decisão do presidente Jair Bolsonaro em acabar com o Documento de Registro Técnico (DRT) utilizado por jornalistas e ainda retirar a exigência para o diploma destes profissionais.

Sem citar nomes, ele disparou contra uma jornalista, que foi identificada pelos internautas como Maju Coutinho, apresentadora do Jornal Hoje, e ainda contra o jornalista Matheus Ribeiro, primeiro âncora gay a assumir a bancada do Jornal Nacional, ambos da Rede Globo.

“Afinal, tem uma [jornalista] fraquíssima em rede nacional só por causa da cor da pele e outro comunzão fazendo fama só porque avisou que queima a rosca”, escreveu o radialista. “Putz! Onde o Brasil vai parar? Um apresentador de telejornal de qualidade média virou a bola da vez no jornalismo nacional só porque revelou que sua rosquinha está à disposição. A qualidade profissional que se f***”, completou em outro tweet.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Goiás (SindJor) afirmou que, apesar de não citar nomes, estava claro de quem o radialista estava falando.

“Ele faz referência a uma jornalista negra promovida nacionalmente. E não há outra no Jornalismo senão a apresentadora da TV Globo [Maju Coutinho]. Na outra referência ele citou um termo negativo sobre a sexualidade de uma pessoa. E o único que apresentou o telejornal nacional que se assumiu como homossexual foi um apresentador local goiano [Matheus Ribeiro]”, disse em entrevista ao site Notícias da TV.


Fonte: Varela Noticias
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais