Publicidade:
21 de Maio, 2020 - 15:15
Bonner diz que filho foi vítima de fraude em auxílio emergencial

Fora do Twitter desde julho do ano passado, William Bonner voltou à rede social para fazer uma denúncia. Nesta quinta-feira (21), o jornalista postou diversas mensagens para dizer que o filho, Vinícius, foi vítima de fraude.

"Estelionatários têm usado há 3 anos o nome e do CPF de meu filho para fraudes, como a abertura de empresas ou a contratação de  serviços de TV por assinatura, entre outras", escreveu Bonner.

No golpe mais recente, segundo o apresentador, criminosos teriam usado os dados do filho dele para pedir o auxílio emergencial do governo e questionou os critérios de aprovação do programa.

"Meu filho não pediu auxílio nenhum, não autorizou ninguém a fazer isso por ele. Mais uma fraude, obviamente. Mas, desta vez, o que vem à tona é ainda mais grave. Pelos critérios do programa de auxílio emergencial, alguém nas condições sócio-econômicas do meu filho não tem direito aos 600 reais da ajuda."

"O fraudador provavelmente indicou que não tinha conta bancária e abriu a conta específica da Caixa – a que, obviamente, meu filho não tem acesso. Portanto, sequer sabemos se o dinheiro foi depositado e se foi sacado", complementou o jornalista.

Bonner ainda questionou quantas pessoas podem ter sido vítimas de estelionatários e disse torcer "para que o controle eficaz do programa não prejudique ainda mais aqueles cidadãos que realmente precisam do auxílio neste momento tão doloroso".

O jornalista declarou que ele e a família vão apresentar uma nova queixa-crime e esperam uma apuração rápida da fraude. 


Fonte: R7
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:
Redes Sociais